domingo, 31 de março de 2013

Brioche XL



Gosto muito de visitar a página da Clara de Sousa. Gosto das receitas, da forma como as apresenta, da partilha generosa e gosto principalmente do empenho e carinho que transmite nas respostas às questões que lhe são colocadas. Já fiz várias receitas dela e todas fizeram sucesso.




Apesar de ter feito algumas alterações, este brioche também foi "roubado" à Clara :) 
É XL porque fiz mais meia receita.
Ficou muito fofinho e com um sabor delicioso... foi aprovado por todos :)



Ingredientes:
120ml de kéfir (pode usar leite)
3 ovos inteiros
1 c. café de sal
80g  de manteiga amolecida
5 c. sopa de açúcar
500g de farinha T65
1 batata cozida (bem esmagada)
11g de fermento seco

Glacê:
50g de açúcar em pó
1 c. sopa de leite

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Coloque na cuba da MFP os ingredientes pela ordem indicada e programe o programa "amassar" e deixe levedar.
forre um tabuleiro com papel vegetal.
Retire para uma bancada enfarinhada, dê uma amassadela para retirar o ar e divida a massa em 7 partes iguais.
Faça pequenas bolas com a massa, coloque sobre o papel vegetal (ou tapete de silicone), polvilhe a massa com manteiga líquida e polvilhe com açúcar. Deixe levedar para o dobro num ambiente aquecido.
Leve ao forno cerca de 25 minutos.
Glacê: misture o açúcar com o leite.
Depois de retirar o brioche do forno, pincele com o glacê.
Nota: pode servir simples ou só polvilhado com açúcar em pó.





Deliciem-se... e bom apetite!

sexta-feira, 29 de março de 2013

Tarte de Banana com Chocolate


"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!"

(Fernando Pessoa)


Desejo-vos uma santa Páscoa


Ingredientes:
1 massa quebrada
1 embalagem de queijo creme (200g)
1 iogurte natural
kéfir (a medida do iogurte)
4 ovos
1 lata de leite condensado cozido
1 folha de gelatina (dissolvida em água)
2 bananas
8 caramelos
pepitas de chocolate (ou chocolate partido aos pedaços)

Preparação:
Pré-aquela o forno a 180ºC.
Forre uma tarteira com a massa quebrada e reserve.
Numa tigela misture o queijo creme com o iogurte e o kéfir. Junte os ovos inteiros e bata, acrescente depois o leite condensado.
Demolhe a folha de gelatina e de seguida dissolva-a num pouco de água quente.
Junte a gelatina à mistura anterior e mexa.
Corte a banana às rodelas e coloque no fundo a tarteira já forrada, junte os caramelos aos pedaços e as pepitas de chocolate. Por cima, despeje com cuidado o creme que preparou.
Leve ao forno cerca de 35 a 40 minutos.
Depois de frio polvilhe com açúcar em pó e decore a gosto.
A decoração da banana foi feita pela Cau :)







Deliciem-se... e bom apetite!

quinta-feira, 28 de março de 2013

Iogurte de Marshmallows


Os derivados láteos fermentados como o iogurte, o kéfir ou a coalhada, obtêm-se a partir do leite de uma forma simples, através de processos ditados pela própria natureza, por isso são tão saudáveis.

As primeiras referências ao iogurte surgiram nos tempos bíblicos. Já então o leite fermentado era considerado mais saudável e digestivo que o normal e eram-lhes atribuídas propriedades medicinais.
Apesar do seu consumo se ter alargado, a sua origem situa-se nas regiões balcânicas.


Os romanos consideravam-no um regalo para o paladar e inventaram receitas combinando o leite fermentado com mel, farinhas e frutas perfumadas com erva doce e orégãos.

Segundo a lenda, o iogurte chegou a ser conhecido como "o leite da vida eterna", já que está associado à longevidade.


O leite para fazer o iogurte pode ser enriquecido com leite em pó.
Cá em casa  todos gostamos de iogurte e desde que me lembre que faço iogurtes caseiros, muitas vezes sem o leite em pó.
A minha iogurteira já tem quase 30 anos e continua a funcionar lindamente, só tenho que mudar a lâmpada quando se funde :) 


Ingredientes:
1l de leite meio gordo
1 iogurte natural
3 c. de sopa de açúcar
2 c. de sopa de leite em pó
12 marshmallows grandes


Preparação:
Ligue a iogurteira (é sempre a primeira coisa que faço)
Leve ao lume o leite e quando levantar fervura, adicione os marshmallows, mexendo bem para os dissolver.
Numa tigela, deite o açúcar, o iogurte natural e o leite em pó. Misture bem para envolver os ingredientes e deixe à temperatura ambiente.
Quando o leite estive morno (quando conseguir colocar o dedo por 10 segundos), deite na mistura do iogurte e mexa bem para ficar tudo dissolvido.
Distribua pelos copinhos de iogurte, coloque-lhes a tampa e leve à iogurteira cerca de 10h. Costumo fazer à noite e tiro de manhã.
Coloque-os no frigorífico.
Nota: se não tiver uma iogurteira, abafe os copos com uma manta, num local quente, durante mais ou menos 12 horas.






Deliciem-se.... e bom apetite!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Massa com Atum do Jamie


As receitas com atum são práticas e simples, são também saborosas e reconfortantes.
Esta foi tirada do livro do Jamie Oliver e segundo o autor, é a massa preferida da mulher dele :) 
Confesso que fiquei curiosa em relação a isso e resolvi experimentar :) o resultado foi do agrado de todos cá em casa, o que me levou a repeti-la.
Há um ingrediente que faz toda a diferença neste prato... a canela :)


Ingredientes:
500g de macarrão
azeite
1 cebola
1 gindungo
1 c. chá de canela em pó 
manjericão fresco
800g de tomate (ou 2 latas)
3 latas de atum escorrido
sal
pimenta preta
1 limão
1 mão cheia de parmesão ralado

Preparação:
Deite um fio de azeite num tachinho, acrescente a cebola picada, o gindungo picado, a canela e o manjericão, deixe cozinhar em lume brando durante 5 minutos até a cebola amolecer.
Junte os tomates, o atum e o sal. Desfaça os tomates e deixe levantar fervura e ferver cerca de 15 a 20 minutos.
Retifique os temperos.
Entretanto coza a massa numa panela com água e sal, segundo as instruções da embalagem. Quando estiver al dente, escorra a massa, reservando alguma água.
Misture a massa no molho de atum e tomate, junte a raspa e sumo do limão, polvilhe com o parmesão e envolva bem.
Solte a massa com um pouco de água se necessário.
Sirva de imediato





Deliciem-se... e bom apetite!

segunda-feira, 25 de março de 2013

Risotto de Espargos com Pérolas do Mar


Mesmo para quem tem prazer em cozinhar, sabe bem às vezes abrir uma embalagem de um produto já quase pronto e fazer uma refeição rápida, seja por falta de tempo, por preguiça ou ambos.
No entanto, não quer dizer que a refeição seja menos agradável, pelo menos no caso desta receita que trago, que saiu deliciosa e muito cremosa.


Ingredientes:
250g de arroz arbório
1 cebola
1 dente de alho
azeite aromatizado
1 embalagem de pérolas do mar (lulas)
1 embalagem de espargos frescos (eu usei de conserva)
1 chávena de de vinho branco
1 cubo de caldo
3 chávenas de caldo 
sal
pimenta
2 c. de sopa de manteiga
2 ou 3 c. de sopa de parmesão ralado

Preparação:

Arranje os espargos retirando a ponta inferior e leve-os a cozer num tacho água e o cubo de caldo. No fim de cozidos, corte as pontas aos pedaços e reserve as pontas de cima.
Num tachinho, deite a cebola e os alhos picados com um fio de azeite e deixe alourar.
Acrescente as pérolas do mar e deixe cozinhar uns minutos. Retire as pérolas do tacho e reserve-as.
Adicione o arroz, mexa e depois de 2 minutos regue com o vinho branco.
Retifique de sal e pimenta.
Deixe cozer o arroz sobre lume brando, mexendo regularmente, para que não se pegue ao fundo do tacho e para libertar o amido.
Deixe o vinho ser absorvido totalmente e só depois é que começa a juntar o caldo a ferver. Vá deitando concha a concha, conforme for absorvendo.
Quando o arroz estiver quase no ponto, adicione as pérolas e os espargos cortados.
Ao fim de cerca de 20 a 25 minutos deverá estar pronto... nessa altura adicione a manteiga, o queijo parmesão ralado. 
Sirva imediatamente decorado com as pontas de espargos e salsa.
Nota: o risotto deve ficar bem cremoso, por isso o caldo deve ser adicionada a pouco e pouco, à medida que o arroz o for absorvendo. 






Deliciem-se... e bom apetite!

domingo, 24 de março de 2013

Hoje é dia de Selinhos

Best Blog



Agradeço à querida Marta do blog "Brincadeiras na Cozinha" por este selinho.
Segundo as regras terei que responder a 11 perguntas e indicar o selo a alguns blogs (máximo 20) com menos de 200 seguidores, que contenham humor (ânimo na maneira de escrever) e que não demorem muito a publicar algo novo.

Respondendo às perguntas:

1- O que mais gostas de cozinhar, sobremesas ou guisados? 
- Sobremesas, claro:)

2- O que é mais importante numa pessoa, a personalidade ou o físico?
- A personalidade

3- Quando começou o blog?
- Dia 4 de novembro de 2012

4- Quem foi a pessoa que te inspirou a começar neste mundo?
- O blog foi criado pela minha filha, mas a inspiração para cozinhar devo-o sempre à minha família e neste caso mais alargada, incluindo futura nora e genro.

5- Costumas seguir muitos blogs e ser seguida?
-Sigo imenso blogs e também já tenho um leque bem simpático de seguidores :)

6- O que mais gostas, de cozinhar ou que cozinhem para ti?
- Gosto bastante de cozinhar, mas de vez em quando também sabe bem comer uma coisa boa feita por alguém.

7- Comes em casa ou no trabalho?

- Normalmente em casa

8- Costumas fazer receitas com vegetais?

- Sim, cá em casa gostamos de vegetais e curiosamente os meus filhos sempre gostaram de sopas e saladas.

9- Qual a tua melhor receita?
- Não tenho uma melhor receita, mas sei que gosto e tenho jeito para fazer doçarias e assados.

10- O que é que pedias para alguém ser teu amigo?
- Não pedia nada, os amigos são-no simplesmente, só tinha que ser verdadeiro.

11- Qual o melhor filme que já viste?
- Já vi muitos filmes fantásticos, mas posso referir "O Pianista".



Como já tenho visto este selinho em muitos blogs que visito, não vou indicar nenhum e quem o quiser levar, por favor sinta-se à vontade.



 The Versatile Blogger Award



Este selinho foi-me oferecido pela amiga Dália do blog "Preguiça na Cozinha", a quem eu agradeço o miminho.

A 1ª regra é citar sete coisas sobre mim, mas como eu já tinha respondido a dez factos aqui, não irei repetir-me :)

A 2ª regra é passar o selo "The Versatile Blogger Award" a outros dez blogs, dando continuidade a esta simpática brincadeira.
Vou seguir o mesmo princípio que utilizei em cima, ofereço este selinho a todos o que o quiserem levar, pois todos são merecedores. 






e "Façam o favor de serem felizes" (Raul Solnado)


sexta-feira, 22 de março de 2013

Delícia ChocoCake Milka


Há uns dias recebi um pack de produtos Milka, através da Trnd. São bolos e bolachas deliciosas, que fizeram as delícias de quem provou.
Não resisti e imaginei logo uma sobremesa que fizesse sobressair todo o seu sabor.
Foi com grande dificuldade que escondi alguns destes produtos, para conseguir fazer esta saborosa sobremesa.


A bolacha que coloquei no fundo, ficou húmida e as pepitas de chocolate aliadas ao creme, tornaram esta sobremesa magnífica, acreditem.


Ingredientes: (para 4 taças)
4 bolos Cake&Choc
4 bolachas Choco Minis
1 pacote de natas
1/2 lata de leite condensado cozido
1 folha de gelatina branca
avelãs trituradas e chocolate derretido (para enfeitar)

calda:
4 c. de sopa de açúcar
4 c. de sopa de água
1 c. de chá de Frangelico (opcional, pode aromatizar com laranja)

Preparação:
Faça uma calda fraca, aromatize com o licor Frangelico e reserve.
Bata as natas até ficarem firmes e misture o leite condensado.
Hidrate a folha de gelatina, depois derreta-a num pouquinho de água e misture no creme de natas e leite condensado.
Coloque um bolo Cake&Choc no fundo de cada taça. Deite um pouco da calda aromatizada em cada taça por cima do bolo.
Reparta o creme de natas pelas taças e leve ao frigorífico.
Depois de frio coloque uma bolacha Choco Mini por cima do creme, polvilhe com a avelã e enfeite a gosto.




Deliciem-se... e bom apetite!  

quarta-feira, 20 de março de 2013

Pão de Kéfir e Aveia


Há pouco tempo, recebi uma encomenda da minha querida amiga Isabel do blog Brisa Marítima.
Trazia uma carta linda, cheia de carinho (vinda da querida Isabel, nem se poderia esperar outra coisa), um pacotinho de endro (que já aromatizou umas trutas) e ainda o ambicionado kéfir.
Adorei o presente, como devem calcular, mesmo sem saber se iria ou não gostar do sabor amargo daquele "bicharoco" :) de que tanto ouvira falar em alguns blogs que visito.
Confesso que a primeira vez que provei o kéfir simples, não gostei :) mas depois misturei-o com fruta, bolachas, mel... e posso dizer que foi uma agradável surpresa :) passando desde então a fazer parte da minha alimentação.
Além disso tenho-o usado na confeção de algumas delícias, como foi o caso deste pãozinho, que apesar de simples, ficou com um sabor fantástico.
O kéfir tem um valor nutricional e terapêutico muito superior ao iogurte e é extraordinária a sua versatilidade.
Tenho seguido as instruções que a Isabel me recomendou e o "bebé" está a crescer, sabendo que tenho que lhe dar "banho" todas as semanas :)
Obrigada querida amiga Isabel, por estes e outros miminhos <3


"Cuscando" as dezenas e dezenas de revistas de culinária que tenho, descobri uma de 1995 que fala do kéfir, sua história, propriedades e variadas aplicações.
Entre outras coisas diz "a origem do kéfir conhecido também como a bebida do profeta, (porque se diz que foi Maomé que o deu a conhecer ao seu povo), perde-se na origem dos tempos. É uma bebida originária do Cáucaso, com sabor acre e conteúdo gasoso e alcoólico. Marco Polo já o mencionava nos relatos das suas fabulosas viagens ao oriente. No entanto, esteve esquecido pelo ocidente durante quase 5 séculos..."

(fonte "200 receitas de pão" com alterações)

Ingredientes:
100ml de água
200ml de kéfir
1 e 1/2 c.chá de sal
425g de farinha de trigo T65
50g de flocos de aveia
1 e 1/2 c.chá de fermento biológico seco (usei 12g de fermento de padeiro)

Preparação:
Tire a cuba da máquina, encaixe a pá e unte-a.
Coloque os ingredientes de acordo com a ordem indicada.
Encaixe a cuba na máquina e escolha um pão de 750g e o programa de pão normal.
Quando o programa terminar, tire a cuba da máquina e vire-a para soltar o pão.
Deixe arrefecer sobre uma rede.





Deliciem-se... e bom apetite!

terça-feira, 19 de março de 2013

Muffins de Chocolate e Ameixas para o Dia do Pai


As Mãos do Meu Pai

As tuas mãos têm grossas veias como cordas azuis
sobre um fundo de manchas já cor de terra
- como são belas as tuas mãos -
pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram
na nobre cólera dos justos...

Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,
essa beleza que se chama simplesmente vida.
E, ao entardecer, quando elas repousam
nos braços da tua cadeira predileta,
uma luz parece vir de dentro delas...

Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,
vieste alimentando na terrível solidão do mundo,
como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento?
Ah, como os fizeste arder, fulgir,
com o milagre das tuas mãos.

E é, ainda, a vida
que transfigura das tuas mãos nodosas...
essa chama de vida - que transcende a própria vida...
e que os anjos, um dia, chamarão de alma...

(Mário Quintana)




Com este lindíssimo poema de Mário Quintana e uns deliciosos muffins, deixo aqui a minha singela homenagem ao meu pai e ao meu marido, pai dos meus filhos. 


Ingredientes:
225g de farinha de trigo
160g de açúcar
50g de pepitas de chocolate
25g de chocolate em pó (ou cacau)
1,5dl de leite
1 ovo
1 clara de ovo
90g de ameixas secas sem caroço
1,5dl de água quente


Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Deite a ameixas e a água no liquificador e deixe bater até obter um puré homogéneo.
Acrescente o açúcar, o leite, o ovo e a clara e bata um pouco mais.
Deite esta mistura numa tigela, junte a farinha, o cacau, as pepitas de chocolate e misture bem, sem bater.
Divida o preparado pelas forminhas e leve ao forno durante 20 minutos.
Deixe arrefecer sobre uma grelha e sirva.
Nota: estes muffins não são muito doces, caso use cacau, aconselho a aumentar um pouco a quantidade de açúcar.





Deliciem-se... e bom apetite!

domingo, 17 de março de 2013

Bolo de Iogurte e Laranja


"French yogurt cake with marmalade glaze"  (Dorie Greenspan)

Foi este o desafio proposto no grupo "Dorie às Sextas" para esta quinzena.
É a primeira vez que publico uma receita nas "Dories" e a minha estreia não poderia ter sido melhor.
Falavam com tanto entusiasmo deste bolinho, mas eu sinceramente pensei "é só um bolo de iogurte" :) 
No entanto o bichinho da curiosidade falou mais alto, resolvi experimentar e em boa hora o fiz... não é só um bolo de iogurte!


É realmente um bolo de iogurte diferente... é um bolo delicado, que tem uma textura macia e húmida, notando-se o aroma do limão. Excelente para acompanhar um bom chá, num lanche em boa companhia.
Fiz umas ligeiras alterações à receita original :) 
Como achei que o bolo iria ficar pequeno, fiz mais meia receita e optei por adicionar mais meio copo (medida de iogurte) de kéfir.
Os filhotes não são apreciadores de doce de laranja, por isso resolvi polvilhar com açúcar em pó, deixando realçar apenas o excelente sabor do próprio bolinho.
É sem dúvida um bolo a repetir, com ou sem cobertura.
Bem... como sou gulosa, talvez da próxima vez cubra com curd de laranja ou um ganache de chocolate  :)


Ingredientes:
140g de farinha de trigo
50g de farinha de amêndoa (usei amêndoa ralada)
2 colheres de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
200g de açúcar
raspa da casca de um limão
1 iogurte natural
3 ovos grandes (biológicos)
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
120ml de óleo

cobertura:
açúcar em pó


Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte generosamente com manteiga uma forma de bolo inglês de 21x11cm (fiz numa forma quadrada de 19cm)
Numa batedeira, misture a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o fermento e o sal.
Noutra tigela, junte o açúcar e as raspas do limão, esfregando os dois ingredientes com as pontas dos dedos até o açúcar ficar perfumado.
Junte o iogurte, os ovos e a baunilha e bata vigorosamente até obter uma mistura homogénea.
Junte à mistura anterior os ingredientes secos. Agora, com uma espátula de silicone, incorpore o óleo.
Deite a massa na forma e leve ao forno cerca de 45 minutos.
Arrefeça-o 5 minutos sobre uma grade, antes de desenformar.
Antes de lhe deitar a cobertura, deixe arrefecer completamente.
Faça a calda para a cobertura: junte a compota de laranja com a água num tacho e leve ao lume médio, mexendo até derreter.
Pincele o bolo com a calda ainda quente.





Deliciem-se... e bom apetite!

sexta-feira, 15 de março de 2013

Queques de Banana e Leite Condensado


Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.
 (Pablo Neruda)


Quando vi estes bolinhos no livro da Sarah Randeel, sabia que tinha que os fazer... 
Adaptei a receita ao meu gosto e resultaram nuns deliciosos bolinhos com o sabor inconfundível da banana aliada ao sabor a caramelo do leite condensado.



Ingredientes: (para 18 queques)
150g de manteiga
150ml de leite
3 ovos grandes
5 colheres de sopa de leite condensado
100g de açúcar amarelo 
300g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela e cravinho
1 banana grande

1 colher de sopa de flocos de aveia (para polvilhar)
1 colher de sopa de açúcar amarelo (para polvilhar)


Preparação:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Derreta a manteiga e deixe arrefecer um pouco.
Numa tigela, bata o leite, os ovos, 2 colheres de sopa de leite condensado, 100g de açúcar e a manteiga derretida.
Peneire a farinha, o fermento e as especiarias e junte ao preparado anterior.
Acrescente a banana cortada aos pedaços e envolva levemente na mistura.
Divida a massa pelas formas de queques.
Mistura a colher de sopa do açúcar e flocos de aveia e polvilhe cada bolinho.
Leve ao forno cerca de 25 minutos.
Deixe arrefecer cerca de 10 minutos e de seguida faça um corte em cruz na parte de cima de cada bolinho e deite um pouco de leite condensado.
Depois delicie-se a cada dentada :)
Nota: só coloquei o leite condensado por cima de alguns queques.





Deliciem-se... e bom apetite!

quarta-feira, 13 de março de 2013

Bolo de Laranja com Chocolate


"Mãe já posso abrir o bolo? Quero lanchar, tenho fome...."
"Não, ainda está quente e vou tirar fotos..."
Dois minutos depois, a mesma conversa :)
O meu filho é um guloso incorrigível e não pode ver um doce... realmente nem sei a quem sai?! :)


Ingredientes:
3 ovos
2 chávenas de farinha
1 e 1/2 chávena de açúcar
3/4 de chávena de manteiga
1 chávena de sumo de laranja
raspa de 1 laranja
2 colheres de sopa de chocolate em pó
açúcar para polvilhar


Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Unte e enfarinhe uma forma de bolo inglês. 
Numa tigela coloque a farinha e o açúcar e mexa.
Junte a manteiga derretida, os ovos, a raspa e o sumo da laranja. Bata todos os ingredientes até ficar com uma massa uniforme.
Separe um terço da mistura anterior para outra tigela e junte-lhe o chocolate em pó, incorporando-o bem.
Na forma, deite primeiro uma parte da massa sem o chocolate, deitando de seguida toda a massa de chocolate e termine com a restante massa.
Polvilhe com um pouco de açúcar.
Leve ao forno cerca de 35 a 40 minutos.





Deliciem-se... e bom apetite!

terça-feira, 12 de março de 2013

Quiche de Frango


O que vou fazer para o jantar?
Esta deve ser das frases mais ditas pelas mães e pais que providenciam as refeições da família.
É das coisas que mais me custa... digo muitas vezes que prefiro fazer, do que pensar o que fazer... talvez por isso continue a ser desorganizada :)


E quem diz que as coisas simples não podem ser saborosas?
Esta é mais uma das refeições ligeiras que se fazem ao fim de semana, quando o forno está ligado, depois de já ter assado carne ou peixe, dando de seguida lugar a um magnífico bolo ou a um saboroso pão :)
Uma quiche que deu uma nova "vida" a um pouco de frango de churrasco que tinha sobrado, resultando numa refeição super deliciosa, acompanhada por uma salada.
"Nada se perde, tudo se transforma" é este o lema da maioria das famílias e cá em casa não é excepção.




Ingredientes:
1 base de massa folhada
frango de churrasco
cebola
azeite
5 ovos
cogumelos
200ml de natas
sal pimenta
queijo mozarella ralado

Preparação:
Estenda a massa folhada numa tarteira, pique-a com um garfo e reserve.
Tire os ossos ao frango, corte em pedaços e reserve.
Faça um refogado com a cebola picada e um pouco de azeite. Junte depois os cogumelos laminados e deixe-os cozer.
Acrescente o frango, mexa e deixe suar alguns minutos.
Numa tigela, bata as natas e os ovos com um fouet, de seguida misture ao frango.
Retifique os temperos e deite na tarteira já forrada com a massa folhada.
Polvilhe com o queijo mozarella ralado.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 25 a 30 minutos até ficar douradinho.





Deliciem-se... e bom apetite!