quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Pão Que Não se Amassa e uma Teimosia


Este pão já foi publicado por alguns blogs, por isso não será novidade para a maioria das pessoas.... mas para mim é :)

E porquê uma teimosia? 
Ontem fui desafiada por duas amigas para fazer este pãozinho (podem ver aqui e aqui a arte destas meninas), como não sou de desistir e sou muito teimosa, fui logo tratar de fazer a primeira etapa. 


Esta é a segunda etapa, é a parte em que têm muito que amassar.... bricadeirinha :)) é só dobrar a massa.
Eu costumo dizer que não tenho jeito para a padaria... mas depois de fazer este pãozinho delicioso, jamais poderei ter desculpa :)
Mesmo assim ainda tenho as minhas dúvidas, porque este pão não necessita de ser amassado e o meu handicap deve ser na parte de "dar ao braço" :) veremos!!
Como é que um pão que não se amassa, fica tããão bom?!


Ficou lindo :) com uma côdea estaladiça e macio por dentro. Foi acompanhado por enchidos caseiros, manteiga, requeijão e muita fome :)
Desafio superado!!


Ingredientes:
3 chávenas* de farinha de trigo (tipo 65)
1/2 de um cubo (cubo de 25g) de fermento de padeiro
1 + 1/4 de colher de chá de sal
1 + 1/2 chávena* de água morna
farinha de milho para envolver (ou a mesma farinha da massa)

(*medida de chávena 250ml)

Preparação:
1ª etapa: Coloque a farinha numa tigela e misture sal.
Desfaça o fermento num pouquinho da água morna e depois junte esta mistura à farinha, assim como o resto da água. Mexa para que toda a farinha seja absorvida.
Nesta fase não faça mais nada. Fica uma massa feia e pegajosa, mas é assim mesmo. Tape-a e deixe entre 12 a 18 horas em ambiente tépido (deixei dentro do forno).
2ª etapa: Passado esse tempo, enfarinhe a bancada e despeje a massa suavemente, salpicando-a com mais farinha e sempre de forma suave e enfarinhando as mãos, dobre-a (veja aqui) e com cuidado transfira-a para um pano enfarinhada com farinha de milho. A massa fica tapada cerca de 2 horas.
3ª etapa: Pré-aqueça o forno a 220ºC com o tacho de barro, ou tabuleiro enfarinhado para ficar bem quente. Coloque depois a massa de pão dentro do tacho com cuidado, tape e deixe cozer cerca de 35 minutos (eu tapei com folha de alumínio). Destape e deixe mais cerca de 20 minutos para dourar.
Retire do forno e tem o seu pão pronto a ser devorado :)




Deliciem-se... e bom apetite!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Folhado de Atum com Cogumelos e Queijo




Gosto muito de cozinhar e tanto posso passar uma tarde inteira na cozinha como posso fazer qualquer coisa em meia hora. Nem sempre  tenho vontade, nem sempre tenho inspiração... e foi num destes dias que não sabia o que fazer para o jantar, que me deparei com estes barquinhos de atum da amiga Isabel... lindos, apetitosos e de rápida confeção. 
Era isto mesmo que eu queria :)) mas agora há que adaptar ao formato XL que eu precisava :)


Resultou neste belo folhado :) 
As fotos!!!... bem as fotos são sempre uma dificuldade!! Desta vez foi porque no momento, o flash não disparou e ficaram um pouco escuras.


Ingredientes:
1 base de massa folhada 
1/2 cebola
1 dente de alho
azeite
1 lata de cogumelos
3 latas de atum
150g de queijo mozzarela
pimenta
3 ovos

Preparação:
Abra a massa folhada (esta era retangular, mas pode ser redonda) e reserve.
Faça um refogado com a cebola e o alho picados, adicionando um fio de azeite.
Junte os cogumelos, refogue até perderem a água que deitam e depois junte o atum. De seguida deite os ovos, mexa para os envolver e retire.
Deite este preparado no centro da massa folhada no sentido do comprimento, deixando um espaço nas pontas. Polvilhe o queijo, por cima da mistura do atum.
Dobre uma parte lateral da massa por cima deste recheio e depois dobre a outra parte, por cima daquela (antes de dobrar fiz uns cortes na lateral da massa para ficar mais bonito).
Dobre as duas pontas para ficarem bem unidas e o recheio não sair.
Pincele a massa com um pouco de leite (para ficar mais brilhante)
Leve ao forno a 200ºC cerca de 20 minutos, até a massa ficar dourada




Deliciem-se... e bom apetite!

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Costeletas de Vitela com Vinho do Porto

Os passatempos são sempre um bom motivo para incentivar à criação de novos pratos e essencialmente para à partilha e à aprendizagem que despertam.
A Lenita do blog Tentações Sobre a Mesa, lançou um passatempo pedindo receitas em que o vinho tivesse um papel importante.
Pensei logo em participar, mas o tempo foi passando e não me conseguia decidir se faria um doce ou um salgado. 

O "destino" decidiu por mim, quando estava a fazer estas costeletas e tinha esta garrafa ao lado. 
Poderia pensar-se que este vinho não é próprio para carnes, mas eu garanto que é muito apropriado... este vinho pede uma ocasião especial, por isso nada melhor do que fazê-lo sobressair. É um excelente Vinho do Porto. 
Um prato simples, mas cheio de emoções nas papilas gustativas :) o molho ficou simplesmente divino!
Com este molhinho, não há pão que resista :) 


E frutinha para terminar a refeição :))


Ingredientes:
4 Costeletas de vitela
1 colher de café de cominhos em pó
1 colher de café de coentros em pó
1 colher de café de gengibre
sal
pimenta
azeite
1 cálice de vinho do porto 

Preparação:
Faça uma mistura com todos os temperos, exceto o sal e deite um pouco de azeite.
Esfregue esta mistura nas costeletas e deixe-as o mais tempo possível nesta marinada (eu deixei de véspera).
Numa frigideira deite um pouco de azeite, tempere as costeletas de sal e frite-as. Coloque-as num prato de servir e reserve em lugar quente.
Aproveite os sucos que ficaram da carne, deite o vinho do porto e deixe reduzir o líquido durante uns minutos.
De seguida deite sobre as costeletas e sirva.
Nota: convém que tenha um bom pão, porque não vai resistir a este molho :) 




Deliciem-se... e bom apetite!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Baileys Caseiro


"Segredos da Avozinha" é um livrinho pequeno mas com muitos ensinamentos. Já há muitos anos que faço compotas, doces, conservas, licores, etc, tiradas desta "bíblia". 
Este licor, tal como outros, tirei-o de lá... além de ser muito fácil de fazer, pode beber-se de seguida. É delicioso
Como podem ver a garrafa já está quase no fim :)


Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 lata de whisky (a mesma medida)
1 colher de chá de café instantâneo
1 colher de chá de chocolate em pó


Preparação:
Coloque o leite condensado dentro de uma garrafa, junte a mesma medida de whisky (utilize um bom whisky) o café e o chocolate e misture bem. 
Agite bem para misturar todos os ingredientes e está pronto a servir.
Nota: aconselho a misturar primeiro o café e o chocolate num pouco de líquido para não ficarem grumos e só depois juntar tudo.





Deliciem-se... e bom apetite!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Nuvem de Chocolate Decadente


Tinha que ser de chocolate, claro :)) Adoro tudo o que leva chocolate!
Quando vi este bolo, na Cozinha Coletiva, pensei logo em fazê-lo para o meu aniversário... sim, foi ontem :) 
É daqueles bolos com crosta, que racham, que afundam e que são feios à nascença, mas depois se transformam e ficam lindos e gulosamente deliciosos. Era isto mesmo que eu queria :) Eu adoro estes bolos imperfeitos, mas que escondem sabores intensos.
Eu já disse que era super gulosa? :)


Ontem a amiga Áurea, incentivou-me a fazer-vos um convite...
Sei que está muito em cima da hora, mas gostaria muito, que nos próximos dias partilhassem uma receita vossa (nova ou que já tenham no blog), na minha cozinha, deixando o link aqui nesta publicação, no espaço dos comentários.
Seria um prazer enorme receber as vossas iguarias neste meu cantinho e desta forma partilharmos saberes e aprendizagens.
Entretanto sirvam-se de uma fatia do meu bolinho e fiquem à vontade.
Ah!! Não se esqueçam que a Catarina  também vai fazer anos e precisa de iguarias :)
Agradeço desde já a vossa participação <3



Para acompanhar esta fatia, deixo uma música que a minha mana me enviou e que eu adorei <3

Ingredientes:
250g de chocolate negro
125g de manteiga sem sal 
6 ovos (2 inteiros e 4 separados)
175g de açúcar
2 colheres de sopa de Cointreau (ou outro)
raspas de 1 laranja

cobertura:
2 pacotes de natas
4 colheres de sopa de açúcar em pó
cacau (para polvilhar)
framboesas (ou outro fruto a seu gosto)

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Forre uma forma redonda de 23 cm, com papel vegetal e reserve.
Derreta o chocolate com a manteiga, mexendo até ficar um creme homogéneo e reserve.
Bata as claras (4) em castelo, até formar picos e adicione 100g de açúcar, misturando uma colher de cada vez. reserve.
Numa tigela, bata os ovos (2) inteiros mais as 4 gemas com os restantes 75g de açúcar, mexendo. Misture com cuidado o preparado do chocolate, o licor (coloquei licor de tangerina) e as raspas da laranja.
Incorpore uma parte das claras em castelo, mexa e depois envolva com cuidado o resto das claras, de forma a ficar uma massa fofa.
Deite na forma e leve ao forno cerca de 35 a 40 minutos.
O bolo vai crescer e abrir umas rachaduras na superfície. Deixe arrefecer na forma e vai notar que se abre uma cratera no centro, e mais rachaduras  mas é normal.
Para a cobertura: bata as natas em chantilly com o açúcar e deite sobre o bolo despreocupadamente. Polvilhe com cacau em pó e enfeite com as  framboesas.




Deliciem-se... e bom apetite!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Tarte de Limão com Buttermilk


Às vezes, quando vou "bisbilhotar" os blogs amigos, há receitas que me chamam logo à atenção e vão para a minha extensa lista "para fazer em breve".
Foi o caso desta tarte, da querida Isabel do Brisa Marítima. Ela faz coisas maravilhosas e sei que qualquer receita que "copie" me sairá bem. Não me enganei em relação à escolha, esta tarte é realmente deliciosa e deixou no ar um cheirinho a limão.Tem uma textura macia e fresca, derrete-se na boca. Sei que também a poderá ver na cozinha do Richie.
Mas tenho a confessar um pecado :) desvirtuei a receita original... como não tinha muito tempo, usei uma base de massa quebrada de compra.
Que me perdoe a querida Isabel e prometo que para a próxima farei a massa como deve ser :)


Fiz esta tarte para levar a um jantar... ficou aprovadíssima por todos e esqueceram-se das dietas por momentos :) quase não tive tempo de tirar uma foto da fatia :) 

Ingredientes:
massa quebrada de compra

2 chávenas de açúcar
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1/2 colher de chá de sal
1 chávena de buttermilk* em temperatura ambiente
4 ovos à temperatura ambiente
4 gemas à temperatura ambiente
2 colheres de chá de extrato de baunilha
8 colheres de sopa (100g) de manteiga derretida e fria
sumo de meio limão
raspas de um limão

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 170ºC.
Forre uma forma de tarte com a base de massa quebrada e reserve.
Numa tigela misture bem o açúcar, a farinha e o sal. Adicione o buttermilk, os ovos, as gemas e a baunilha e bata com uma colher de pau ou um fouet até ficar homogéneo.
Acrescente de seguida a manteiga derretida, o sumo e as raspas de limão e misture novamente.
Recheie a base de massa quebrada com ete preparado e leve ao forno cerca de 1 hora, até o creme dourar.
Deixe arrefecer em temperatura ambiente.
Conserve no frigorífico, mas deixe 30 minutos à temperatura ambiente antes de servir.

*Para fazer o buttermilk:
100ml de leite
1 colher de sopa de sumo de limão
Junte o sumo de limão ao leite, espere cerca de 15 minutos para que o leite talhe e estará pronto a ser usado. 




Deliciem-se... e bom apetite!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Tirinhas de Bife com Feijão e Couscous


Cá em casa adoramos comida mexicana e às vezes faço um prato à "el patron" que fica fantástico :)
Estava naqueles dias em que não sabia o que fazer para o almoço e embora com bifes temperados no frigorífico, não me apetecia fazê-los grelhados. Lembrei-me do tal prato mexicano, mas como me faltavam ingredientes, resolvi transformá-lo :) 


Ingredientes:
3 ou 4 bifes de vitela
1/2 cebola
2 dentes de alho
azeite
pimentos
1/2 courgete
1 cenoura
vinho branco
sal
Jindungo (piripiri)

couscous: 
1 chávena de couscous
1 chávena de água

Preparação:

Comece por fazer o couscous: deite-o numa tigela e tempere de sal, verta por cima a água a ferver, mexa com um garfo e tape com folha de alumínio. Deixe hidratar cerca de 5 a 10 minutos, até absorver toda a água. No fim mexa com o garfo para soltar os grãos do couscous.
Numa frigideira deite um fio de azeite, a cebola às rodelas, o alho picado e deixe cozer. 
Junte o pimento cortado às tirinhas, a courgete aos pedaços, o jindungo cortado e a cenoura em juliana (eu usei o raspador de cascas). Deixe cozer uns minutos, acrescente os bifes cortados às tirinhas, tempere de sal e refresque com vinho branco. Acrescente um um pouquinho de água e deixe estufar, até apurar.
Sirva a carne acompanhada com o couscous e o feijão manteiga.






Deliciem-se... e bom apetite

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Pudim de Ovos e uma Recordação

Para sempre

"Porque Deus permite
que as mães se vão embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Porque Deus se lembra
-mistério profundo-
de tirá-la um dia?
Fosse rei Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho".

(Carlos Drummond de Andrade)


Quem não gosta de mimar os entes queridos?! 
Pois, foi o caso deste pudim :)) foi feito pela altura do Natal, pela minha mana Fati, para agradar o meu pai, já que esta é a sua sobremesa preferida :) e consta do livro de receitas da minha mãe. 
Fica com uma textura muito macia e deliciosa. 

Ingredientes:

para o pudim:
1 taça de ovos
1 taça de leite
1 taça de açúcar
1 laranja (ou limão)

para o caramelo:
1 taça de açúcar
2 colheres de sopa de água


Preparação:
Faça o caramelo: Coloque o açúcar e a água numa frigideira, deixe ferver até caramelizar até atingir a cor desejada. Nesta altura, junte com cuidado mais uma ou duas colheres de sopa de água para parar o processo.
Deite este caramelo numa forma de pudim (que tenha tampa), rodando para caramelizá-la por completo e reserve
Prepare o pudim: Coloque os ovos numa taça e a respetiva medida de leite, açúcar e a raspa da laranja. Bata ligeiramente e deite na forma que caramelizou. Tampe bem a forma.
Leve a cozer em lume brando, num tacho tapado em banho maria.
Após 45 minutos verifique se o pudim já está cozido (faça o teste do palito) e retire-o do tacho.
Deixe arrefecer na forma e depois coloque no frigorífico.
Desenforme no momento de servir.
Nota: este pudim torna-se mais saboroso feito de véspera.




Deliciem-se... e bom apetite!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Pescada no Forno com Amêndoas



Os mimos, lombinhos ou medalhões de pescada, facilitam a vida às mães :) Como não têm espinhas, os filhotes não implicam e comem tudo... e não estou só a falar de filhotes pequeninos, este é um "mal" que ataca os filhos em geral :))



Nada como começar a semana com peixinho, para depois não me acusarem de desencaminhar dietas :))) 
A foto é que não faz justiça ao prato maravilhoso que ficou :(



Ingredientes:
4 medalhões de pescada
sal
pimenta
1 limão
bróculos
cenoura
2 colheres de sopa margarina (cheias)
50g de farinha
3dl de leite
noz moscada
1 ovo
amêndoas em fatias

Preparação:
Tempere os medalhões de pescada com sal, pimenta e o sumo de limão.
Coza os brócolos e a cenoura em água com sal, cerca de 10 minutos, escorra e reserve.
Leve a derreter a margarina num tachinho em lume brando, polvilhe com a farinha e regue com o leite. Misture bem com um fouet e deixe engrossar mexendo de vez em quando. Tempere com noz moscada, sal e pimenta. Fora do lume adicione a gema previamente desfeita. Bata a clara em castelo firme e envolva-a cuidadosamente ao preparado anterior.
Coloque os medalhões no centro de um tabuleiro de forno, previamente untado.
À volta disponha os legumes cozidos.
Cubra tudo com o molho que preparou e introduza no forno, previamente aquecido a 220ºC.
Passados 20 minutos, retire e polvilhe com as amêndoas em fatias e deixe mais 10 minutos, até ficar douradinho.
Acompanhe com arroz branco.
Nota: pode polvilhar com parmesão ralado, por cima do molho, antes de ir ao forno.




Deliciem-se... e bom apetite!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Tarte de Maça e Pera com Nozes


Estava naqueles dias em que me apetecia fazer um bolo, mas com tantos em lista de espera, não sabia por qual me decidir!!! Mas foi só deitar o olho à minha volta e descobri umas maças e peras a passar do prazo :) e como não gosto de ver nada a estragar, "obriguei-me" a decidir. Mas depois, não queria a fruta dentro da massa.... 
Surgiu então esta tarte, que ficou mesmo gulosa, deliciosa e com o crocante a surgir a cada dentada :)


Ingredientes:
massa:
3 chávenas de farinha
1 colher de chá de fermento
1 chávena de açúcar branco
1 chávena de açúcar mascavado
1 colher de café de canela
1/2 chávena de manteiga
4 ovos
maças e peras

caramelo:
1 chávena de açúcar
1/4 de chávena de água

crumble:
240g de farinha
150g de manteiga
120g de açúcar
3 colheres de nozes partidas

Preparação
Descasque e corte as maças e as peras às fatias e regue com sumo de limão para não escurecerem.
Caramelo: coloque o açúcar e a água numa forma (ou tarteira) leve ao micro-ondas e espere que caramelize. De seguida coloque por cima deste caramelo, uma camada generosa de fatias de maças e peras e reserve (pode fazer o caramelo numa frigideira e depois deitar na tarteira). 
Faça o crumble: misture a farinha com a manteiga, trabalhando com a ponta dos dedos de forma a parecer uma areia grossa. Junte o açúcar e as nozes e misture, envolvendo todos os ingredientes e reserve
Massa: numa tigela coloque a farinha, o fermento, os açúcares, a canela e envolva. Abra uma cavidade ao meio e nela deite os ovos e a manteiga amolecida.
Bata bem todos estes ingredientes até obter uma massa homogénea.
Coloque o preparado anterior na tarteira, por cima da fruta fatiada com cuidado.
Por fim polvilhe o crumble, por cima da massa.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 35 a 40 minutos.
Desenforme virando a tarteira ao contrário, de modo a ficar com a fruta e o caramelo em cima, tendo como base o crumble.




Deliciem-se... e bom apetite!

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Bifinhos do Lombo com Cogumelos e Queijo


Um lombo de porco no forno quando é bem feito, é um prato delicioso, mas cortado em bifinhos e acompanhado com cogumelos, é também uma ótima sugestão. 
Ficaram suculentos e não sobrou nenhum :)


Pode fazer-se um banquete com tão pouco, não acham?! :))

Ingredientes:
bifes do lombo
azeite
sal
alho
pimenta
cogumelos
vinho branco
mostarda
queijo ralado

Preparação:
Tempere os bifinhos com sal, alho, pimenta 
Numa frigideira, deite um fio de azeite e grelhe os bifes em lume brando. Retire-os para uma travessa que possa ir ao forno, mas mantenha-os quentes.
No suco que ficou na frigideira junte os cogumelos e deixe fritar, de seguida acrescente a mostarda, o vinho branco e deixe ferver de modo a reduzir o molho e a engrossar um pouco.
Deite o preparado anterior sobre os bifinhos e depois polvilhe com queijo (da sua preferência).
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC  até o queijo ficar douradinho.
Acompanhe com massa ou arroz.
Nota: pode optar por não colocar no forno, o queijo ficará na mesma derretido, mas sem dourar.




Deliciem-se... e bom apetite!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Panquecas Americanas com Nutella


Uma tarde de sábado fria e chuvosa de inverno pede sempre forno e coisinhas boas:)
Haveria uma infinidade de gulodices que me apeteceriam fazer e que ainda estão em lista de espera... mas a escolha recaiu por unanimidade, nas panquecas americanas com uma cobertura gulosamente pecaminosa de nutella :)
Faço sempre estas panquecas com coberturas diferentes, dependendo do que tenho... frutas, gelados, toppings, chocolate, etc...
Gosto de as fazer, saem sempre bem e são deliciosas.


Se eu colocasse uma foto do meu prato, veriam nutella com panqueca :) )


Dá para 15 ou 16 panquecas

Ingredientes:
150g de farinha
30g de açúcar
1 e 1/2 colher de chá de fermento
1 ovo
2 colheres de sopa de manteiga derretida
240ml de leite

Cobertura:
3 colheres de sopa de nutella
1dl de natas

Preparação:
Numa tigela misture a farinha, o fermento e o açúcar.
À parte, noutra tigela junte o ovo com a manteiga, deite depois o leite e mexa.
Misture este preparado à mistura anterior, mexendo bem. Deixe repousar uns minutos.
Aquecer uma frigideira anti-aderente própria para panquecas (são lisas) e depois de estar bem quente, deitar uma concha de massa, no centro. Assim que começar a ficar com bolhinhas, vire-as com cuidado e deixe cozinhar do outro lado cerca de 1 minuto. Mantenha sempre o lume brando. É natural que a primeira não fique bem, mas as restantes sairão perfeitas.
Repita o processo até terminar a massa.
Faça a cobertura: leve ao fogo num tachinho, a nutella e as natas (pode acrescentar mais natas se desejar), mexendo sempre até conseguir uma consistência homogénea.
Cubra as panquecas com este preparado.






Deliciem-se... e bom apetite!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Selo Literário

"Os amigos que tens e cuja amizade já puseste à prova,
engancha-os à tua alma com ganchos de aço" (William Shakespeare)


Fui homenageada com este selinho, pela amiga Áurea das Receitas de Sedução e pela amiga Cláudia de Histórias e Aromas
Agradeço-lhes a amizade e o carinho <3 
A par de cozinhar, a leitura é uma das minhas paixões. Costumo dizer que "devoro" livros e chocolate :) não necessariamente por esta ordem e, a maior parte das vezes, as duas coisas ao mesmo tempo :) 
Com excepção das férias, a verdade, é que o tempo é escasso demais para a quantidade de livros que gostaria de ler.

Regras dos selinhos:
-citar o nome e o link de quem te indicou
-indicar no mínimo dois livros que gostou de ler em 2012
-indicar no mínimo três livros que desejaria ler em 2013
-oferecer este selo a dez pessoas
Nota: não há limite de livros para serem indicados

Respondendo às questões...

Dois livros que gostei de ler:
"Amar de Olhos Abertos" (Jorge Bucay)
"Nelson Mandela" (Albrecht Hagemann)

Três livros que gostaria de ler:
"O Sétimo Selo" (José R. dos Santos)
"Deixa-me que te conte" (Jorge Bucay)
"Um ano de Chocolate" (Odete Estêvão)

Eu perguntaria, porquê só dez pessoas? 
Esta vai ser difícil :( e embora não inclua abaixo, por razões óbvias, as duas amiguinhas que me ofereceram o selo, fariam com toda a certeza parte da minha lista.

Isabel de Brisa Marítima
Cuca de As Nossas Vidas
Marisa de Sweet my Kitchen
Anjo-de-Mel de Bruxinha do Lar
Preguiça de Preguiça na Cozinha
São de Rapa Tachos

Desculpem-me as pessoas fantásticas e igualmente merecedoras que não estão aqui mencionadas, mas a regra impõe apenas dez.
Bjns a todas <3

Isabel

Quiche de Perú, Bacon e Chouriço


Filosoficamente falando "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma" (Lei de Lavoisier)


Uma quiche de aproveitamentos, depois de todos os exageros das iguarias natalícias :)  


Ingredientes:
massa quebrada
perú assado (com o molho)
bacon
chouriço
cogumelos
azeitonas descaroçadas (às rodelas)
1 pacote de natas
5 ovos
pimenta
queijo ralado 

Preparação:
Estenda a massa quebrada e forre uma tarteira. Reserve.
Parta o perú aos pedacinhos, assim como o bacon e o chouriço. Deite-os numa frigideira com o molho do assado, junte os cogumelos laminados e deixe suar uns minutos. Acrescente depois as azeitonas.
À parte, bata os ovos com o pacote de natas.
Misture este preparado nas carnes e mexa, retirando do fogo. Retifique de sal e pimenta, tendo em atenção que as carnes já têm sal.
Deite esta mistura na tarteira forrada com a massa quebrada e polvilhe com queijo ralado da sua preferência.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 25 minutos.




Deliciem-se... e bom apetite!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Gratinado de legumes e Delícias do Mar


As delícias do mar são muito versáteis,  com elas podem confecionar-se quiches, saladas, patés, recheio de rissóis, etc. 
Esta foi mais uma receita da Cau :) aprovada por todos cá em casa e já repetida.
É um prato simples, que se faz em pouco mais de meia hora, que se revelou suculento e muito saboroso.


Ingredientes:
1 embalagem de batata palha
1 cebola
2 dentes de alho
azeite
vinho branco
cenoura
alho francês
folhas de espinafres
1 embalagem de delícias do mar
molho béchamel

Preparação:
Corte a cenoura em juliana, o alho francês às rodelinhas pequenas e as delícias aos pedacinhos.  
Num tachinho coloque a cebola e os alhos picados com um fio de azeite e deixe refogar.
Acrescente os legumes cortados e os espinafres, refresque com vinho branco e continue a mexer até os legumes estarem quase cozidos. 
Junte as delícias e deixe-as cozer um pouco.
Coloque as batatas no fundo de uma travessa previamente untada. Disponha por cima uma parte do béchamel, depois deite a mistura das delícias com os legumes. 
Termine, deitando o resto do molho béchamel.
Polvilhe com pão ralado (opcional)
Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC cerca de 15 a 20 minutos, até ficar douradinho.




Deliciem-se... e bom apetite!